Buscar

AQUECEDOR SOLAR X RACIONAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

Uso do aquecedor solar de água pode desafogar o sistema elétrico



Após uma alta na demanda dos serviços de energia elétrica, o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, anunciou que lançará uma campanha para a redução do consumo de energia elétrica nos horários de pico. Mais uma vez o País se vê diante de uma crise hídrica que pode levar ao racionamento de energia nos horários de ponta, como aconteceu em 2001, e os consumidores foram buscar alternativas como a troca de lâmpadas, redução da utilização de equipamentos eletroeletrônicos, entre outras medidas.


Mais eficiente do que diminuir o tempo de banho é a utilização do aquecedor solar de água. Os aquecedores solares de água são cerca de 4 vezes mais eficientes que os painéis fotovoltaicos e atendem a aplicações residenciais de baixa até alta renda, comerciais, industriais e serviços, sendo os mais indicados para uma redução significativa do consumo de energia nos chuveiros elétricos, que sobrecarregam sobremaneira o Sistema Elétrico Brasileiro no horário de ponta (entre às 18h e as 21h), representando mais de 6% de todo o consumo elétrico brasileiro e 25% do consumo residencial, segundo dados do BEN da EPE – 2019. Dados do IEE-USP indicam que cada novo chuveiro elétrico adicionado à rede custa ao país um valor aproximado de US$1.000,00 em infraestrutura.


Além disso, o uso da energia solar térmica é uma fonte de produção de energia limpa, não poluente, seu investimento de aquisição e instalação é menos de 2% da obra, com uma economia média de 960 kWh/ano por metro quadrado de coletor. A instalação também contribui para a valorização do imóvel, além de gerar empregos no Brasil.


Os aquecedores solares utilizam tecnologia 100% nacional, trazendo desenvolvimento para a indústria brasileira. O uso do aquecedor solar de água traz inúmeros benefícios para a economia e o meio ambiente. Estamos em um país com condições ideais para a sua utilização, não podemos perder mais tempo, temos que trabalhar para fortalecer essa ideia na cabeça de governantes e da própria população!


Fonte: Abrasol

16 visualizações0 comentário