Buscar

UFMT instala a primeira usina fotovoltaica no campus com previsão de economia de R$ 2,5 milhões



Mato Grosso – A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) inaugurou a primeira usina fotovoltaica no campus Cuiabá nesta sexta-feira (10). O objetivo é alcançar 2,5 megawatt-pico até o início de 2022 e economizar R$ 2,5 milhões na conta de energia elétrica da universidade.


De acordo com a UFMT, o dinheiro economizado na conta de energia será disponibilizado para melhorias nas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão.


A universidade informou que foram investidos R$ 9 milhões com a instalação das placas. O valor foi financiado em parceria com a concessionária que a administra a energia no estado.


As placas e o transformador estão instalados na área da Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia (Faet) e do Instituto de Ciências Exatas e da Terra (ICET), unidades que abrigam cursos que poderão aproveitar do equipamento para auxiliar no ensino e na condução de pesquisas.


O sistema inaugurado nesta sexta-feira possui 144 placas de 365 watt-pico, totalizando 52,56 quilowatt pico de capacidade instalada. Segundo a universidade, o custo total da instalação foi de aproximadamente R$ 400 mil, com recurso obtido por meio do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).


Fonte: Procel Info

2 visualizações0 comentário