Resultados da busca

38 itens encontrados para ""

Páginas (14)

  • Como Chegar | Unisol Aquecedores

    Como Chegar Venha tomar um café conosco e saiba como a energia solar pode ser útil na sua vida! Acompanhe as notícias e novidades do universo da energia solar : Painel solar poderá ter custo incluído no financiamento imobiliário 0 0 Post não marcado como curtido UFMT instala a primeira usina fotovoltaica no campus com previsão de economia de R$ 2,5 milhões 2 0 Post não marcado como curtido Consumo consciente de energia pode ajudar empresas a vencerem dificuldades financeiras 4 0 Post não marcado como curtido

  • Fale Conosco | Unisol Aquecedores

    Fale Conosco Estrada Municipal da Barrinha, s/nº, km 3 CEP: 14340-000 - Brodowski / SP faleconosco@unisolaquecedores.com.br (16) 99275-0972 - (16) 3664-7400 Enviar Obrigado pelo envio! Venha tomar um café conosco e saiba como a energia solar pode ser útil na sua vida! Acompanhe as notícias e novidades do universo da energia solar : Painel solar poderá ter custo incluído no financiamento imobiliário 0 0 Post não marcado como curtido UFMT instala a primeira usina fotovoltaica no campus com previsão de economia de R$ 2,5 milhões 2 0 Post não marcado como curtido Consumo consciente de energia pode ajudar empresas a vencerem dificuldades financeiras 4 0 Post não marcado como curtido

  • Saiba Mais Sobre a Unisol Aquecedores

    A Unisol Aquecedores Solares , há mais de duas décadas, fabrica e comercializa aquecedor solar de pequeno ou grande porte em todo território nacional. Com a tradição e excelência de quem já está atuando com sucesso no mercado, a indústria de aquecedor solar Unisol, possui sede em Brodowski e conta com uma área de aproximadamente 11.000m². ​ O aquecedor solar de água para banho e para piscina da Unisol Aquecedores conta com tecnologia de ponta, proporcionando máximo conforto e economia para famílias de todo Brasil. ​ O entusiasmo de desenvolver produtos que, além de proporcionar mais saúde, economia e conforto para as famílias, também colaboram para a preservação do meio ambiente está sempre presente nos colaboradores da Unisol Aquecedores Solares ! Quem Somos A Unisol Aquecedores Solares sempre primou pela qualidade de seus produtos e serviços e dedicação no atendimento das exigências de seus clientes. Com estes objetivos, implementamos e certificamos um Sistema de Gestão da Qualidade em conformidade com os requisitos da norma ABNT NBR ISO 9001 edição 2015 . A Política da Qualidade do Sistema de Gestão da Qualidade da Unisol , em conjunto com a Missão, Visão e Valores, que serviram de base para o seu planejamento estratégico, foram definidas a partir da Análise de Contexto da Organização / Gestão de Riscos e Oportunidades, onde foram claramente definidas as partes interessadas relevantes e seus requisitos, os riscos e oportunidades Missão Plantar, no agora, sementes de um futuro melhor através de soluções sustentáveis e benéficas para o meio ambiente. Visão Ser líder com excelência oferecendo aquecedor solar de qualidade. Valores Conduta ética em todas as suas ações. Respeito ao próximo e ao meio ambiente. Política de Qualidade A UNISOL AQUECEDORES SOLARES busca sempre atender ou exceder às expectativas dos seus clientes e demais partes interessadas, garantindo sempre sua estabilidade financeira, com produtos, serviços e recursos necessários que satisfaçam os requisitos aplicáveis através do constante comprometimento da Alta Direção e de todos os seus Colaboradores, com a melhoria contínua do seu Sistema de Gestão da Qualidade. ​ Nosso escopo do sistema da gestão da qualidade está assim definido: Projeto, Desenvolvimento, Fabricação, Vendas (incluindo vendas de Produtos Importados), Pós-Venda e Manutenção de Aquecedores Solares, Filtros Centrais e seus Acessórios. Venha tomar um café conosco e saiba como a energia solar pode ser útil na sua vida! Acompanhe as notícias e novidades do universo da energia solar : Painel solar poderá ter custo incluído no financiamento imobiliário 0 0 Post não marcado como curtido UFMT instala a primeira usina fotovoltaica no campus com previsão de economia de R$ 2,5 milhões 2 0 Post não marcado como curtido Consumo consciente de energia pode ajudar empresas a vencerem dificuldades financeiras 4 0 Post não marcado como curtido

Ver todos

Posts do Blog (24)

  • Painel solar poderá ter custo incluído no financiamento imobiliário

    O Senado aprovou um Projeto de Lei (PL) 2015/2021 que permite que um comprador de imóvel inclua o valor referente à aquisição e à instalação de sistema de geração de energia solar no financiamento do imóvel para moradia, no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação (SFH). Relatado pelo senador Irajá (PSD-TO) e aprovado por unanimidade com 65 votos, o projeto segue agora para análise na Câmara dos Deputados. Para implementar esse incentivo, o projeto, de autoria da senadora Kátia Abreu (PP-TO), faz modificações na Lei 4.380, de 1964, que regula o SFH. A regra poderá ser aplicada a operações de financiamento imobiliário de até R$ 1,5 milhão, limite de crédito do SFH. Redução na conta de luz Para o relator do projeto, senador Irajá, com a medida, o aumento do valor das prestações do financiamento tende a ser compensado pela redução do valor das contas de energia elétrica. Ele afirma que a proposta permitirá a redução do custo de energia elétrica do cidadão comum, que ainda poderá ter seu imóvel valorizado. Além disso, destacou Irajá, trata-se de uma energia renovável e limpa. O relator também argumentou que, ao deixar de consumir a energia tradicional, o cidadão que optar pela energia solar contribui para diminuir a pressão por racionamentos. — A produção de energia elétrica pelas residências reduz a necessidade de investimentos em linhas de transmissão e do uso de fontes de geração mais poluentes, como as usinas termoelétricas — declarou. Contratos já vigentes Irajá informou que foram apresentadas cinco emendas ao projeto, das quais ele acatou três, total ou parcialmente. Uma delas, da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), permite aos mutuários com financiamentos já vigentes no âmbito do SFH, mediante a repactuação das condições contratuais e em comum acordo com a instituição financeira credora, acrescentar a seu financiamento o valor da aquisição e da instalação de sistema de geração fotovoltaica. O texto define queque o valor adicional máximo que pode ser acrescentado ao financiamento do imóvel, para a compra de sistema de geração de energia solar, será o maior valor entre R$ 15 mil e o montante equivalente a 10% do valor de avaliação do imóvel adquirido. O texto original fazia referência apenas ao limite de 10%. Crise hídrica Autora do projeto, a senadora Kátia Abreu defende as vantagens dos painéis fotovoltaicos como forma de proteger o meio ambiente e diminuir o uso de fontes poluentes. Além disso, a senadora também apontou os efeitos da falta de chuvas sobre o custo da energia numa matriz predominantemente hidrelétrica. Segundo ela, a crise hídrica, a maior dos últimos 91 anos, faz com que a tarifa de energia elétrica sofra alterações em meses de estiagem. Kátia ressaltou que os hábitos de consumo também estão sendo influenciados, fazendo com que as pessoas passem a procurar uma alternativa para fugir das altas tarifas. Também na opinião da senadora Rose de Freitas, o projeto ganha relevância adicional em razão da escassez hídrica que o país enfrenta, que pode aumentar a conta de luz pelos próximos anos. Fonte: Extra

  • UFMT instala a primeira usina fotovoltaica no campus com previsão de economia de R$ 2,5 milhões

    Mato Grosso – A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) inaugurou a primeira usina fotovoltaica no campus Cuiabá nesta sexta-feira (10). O objetivo é alcançar 2,5 megawatt-pico até o início de 2022 e economizar R$ 2,5 milhões na conta de energia elétrica da universidade. De acordo com a UFMT, o dinheiro economizado na conta de energia será disponibilizado para melhorias nas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. A universidade informou que foram investidos R$ 9 milhões com a instalação das placas. O valor foi financiado em parceria com a concessionária que a administra a energia no estado. As placas e o transformador estão instalados na área da Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia (Faet) e do Instituto de Ciências Exatas e da Terra (ICET), unidades que abrigam cursos que poderão aproveitar do equipamento para auxiliar no ensino e na condução de pesquisas. O sistema inaugurado nesta sexta-feira possui 144 placas de 365 watt-pico, totalizando 52,56 quilowatt pico de capacidade instalada. Segundo a universidade, o custo total da instalação foi de aproximadamente R$ 400 mil, com recurso obtido por meio do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Fonte: Procel Info

  • Consumo consciente de energia pode ajudar empresas a vencerem dificuldades financeiras

    Ao compararmos o consumo de energia entre uma casa ao de uma empresa, é fato que ambientes de trabalho, desde pequenas lojas até indústrias, consomem mais eletricidade. E em um cenário de dificuldades econômicas, provocadas pela pandemia do novo coronavírus, encontrar maneiras de reduzir custos de energia elétrica pode ajudar na recuperação da empresa e na sua permanência no mercado. De acordo com a especialista em Eficiência Energética da Energisa, Carla Petrucci, a simples troca de lâmpadas ou o aumento da iluminação natural pode trazer resultados significativos no final do mês. Porém, ela alerta que o impacto deve ser maior para os setores que usam, mais intensivamente, máquinas e equipamentos (como as pequenas indústrias). Com o valor economizado, a empresa pode redirecionar mais recursos para investimentos importantes como, por exemplo, manutenção. Vale lembrar, ainda, que a preocupação com o uso racional de energia, além de proporcionar economia para a empresa, pode ser uma forma de alinhar o propósito do negócio a um dos temas de maior relevância nos últimos anos: a sustentabilidade do planeta. Para os consumidores, empresas que se mostram preocupadas em colaborar com um futuro sustentável contam com mais credibilidade. Da mesma forma, investidores já perceberam que o crescimento de qualquer negócio passa pela adoção de modelos comprometidos com um planeta melhor. “Nesse contexto, a energia tem papel de destaque tanto para os pequenos empreendimentos quanto para as grandes empresas”, reforça Carla Petrucci. Dicas de economia Confira abaixo, algumas dicas simples, mas que podem fazer uma diferença grande no orçamento do seu negócio: - Substitua equipamentos antigos que apresentem um elevado consumo de energia. Procure aqueles modelos que garantam maior eficiência energética; - Mantenha em dia a manutenção da rede elétrica do empreendimento; - Racionalize o uso dos equipamentos elétricos para evitar o horário de pico – das 17h30 às 20h30; - Ofereça aos colaboradores capacitação sobre o uso racional de insumos como energia e água; - Potencialize o uso de luz natural instalando janelas amplas de vidro; - Verifique se a quantidade de luz está adequada, pois luz demais pode atrapalhar a atividade, além de consumir energia desnecessariamente, e luz de menos pode trazer problemas de saúde e riscos de acidentes. Faça uma consulta à Norma Técnica da ABNT para verificar as necessidades de cada ambiente; - Tenha sistemas independentes optando em dividir o sistema de iluminação em vários circuitos elétricos (interruptores). Assim, será possível desligar parte da iluminação nos locais que não estão precisando usar eletricidade; - Ajuste o ar-condicionado para uma climatização mais uniforme do ambiente. Vale ressaltar que o aparelho de ar-condicionado deve ser instalado na parte superior, a pelo menos 1,5 m de altura. Com boa regulagem do termostato, a economia de energia é certa. Fonte: Procel Info

Ver todos